IMFORMAÇÕES DA TV

Informações da TV

A Rede Minas de televisão recentemente,
acredito por iniciativa da própria Rede Globo,
abriu o livro da Constituição Brasileira informando:-
Falou do trânsito, do pedestre, dos impostos etc.
E até cobrou com toda razão, que o governo e também
a população o não cumprimento das leis vigentes no país.
Acredito que isso se deu a nível de todos os telejornais locais,
as informações serviram de alerta a ambas as partes,
telespectadores e o governo já que o foco de impunidades,
estão dos dois lados porque ninguém obedece nada.
Esta semana o jornal nacional abriu os olhos do governo,
sobre outro assunto que deve ser prioritário e de responsabilidade:-de todos isso já devia ter sido
solucionado o polêmico assunto que é a educação no país.
A continuidade de reportagens desses quilates serão muito importantes
E devem continuar, assim espero, pois vários assuntos teem que serem
mostrados e cobrados veementemente para que nós acordemos dessa
pasmaceira e ficarmos atentos a tudo.
A lei tem que ser cumprida dos dois lados, governo e o povo.
Os assuntos são vastos, que só diminuem nosso povo,
perante os olhos do mundo. Como está, muitos se envergonham
de serem brasileiros até o governo nos envergonham há muito tempo.
Há violência de vários aspectos, corrupção, tráfico, impunidade dos maus
políticos, desrespeito principalmente aos idosos, roubo do dinheiro publico e…
Tem que começar urgente a mudar para melhor, dando as crianças informações úteis.
E não fúteis a “Constituição” é uma lei e tem que sair do papel e ser cumprida.
E de preferência com mais programas educativos na “TV” esse veículo de
comunicação é um dos mais importantes é só manejar espaços entre comerciais
e programações sem sentido como os vários em qualquer canal, que é só consumismo e conversa para boi dormir, tem certas coisas que já passou de sair do ar, não faz mais sentido, tem programas com mais de 20 anos, coisa ultrapassada.
Por exemplo, nas campanhas políticas o radio e a televisão são obrigados a horários.
E porque não criar inovações interessantes para a criançada, não dá lucro né!
E o governo finge não saber e vai empurrando com a barriga, não está certo.
Parece que é o contrario o que mostra a TV principalmente a criança pobre, ela
vai buscar nas ruas, nas escolas e colégios tudo que não pode ter, aí vira marginal.
Rouba, mata se-, droga-se, nós não vivemos no início do século IXX quando nossos pais nasceram, que a mãe colocava
um freio e quando não conseguia o pai punha um cabresto, hoje é diferente, essas proles são mais fracas, mais sensíveis não se pode dizer que são mais inteligentes,
Mas se consideram mais livres e donos de si, isso é complicado de lidar, é preciso tato.
Tem sido boas as reportagens, porém, é necessário pensar um pouco menos no maldito dinheiro e investir nossa riqueza em tudo que é grandeza para viver a vida.
Um dia teríamos que pegar pesado como os comerciais, um sucesso é ou não é.
Se comprar e não pagar em dia, sofrem as conseqüências, SPC, SERASA, “tem lei” se cobra e é sério tem que pagar e é
justo pagar o que gasta. Só que o tributo é vergonhoso um dos mais caros do mundo.
Deixa de pagar o banco! A água a luz, IPTU, IPVA, armazém, farmácia você vai ver. Não terá comida, água, luz, remédio nada, simplesmente você estará numa fria, passa a ser
um mendigo e vai morrer de susto quando ver o imposto que
cobrar-lhe-ão por não ser nada, tem gente que paga bobo! E o cara morrendo alguém vai ter que pagar o enterro do infeliz.
“É a Lei, tem que ter lei.
Snitram
Editora de texto
Rosali Gazolla.