FALANDOISSO NÃO È BRINCADEIRA !

RECEBI HOJE DE UNS AMIGOS PEDIRAM -ME PARA PUBLICAR
QUE GOVERNO , QUE PARLAMENTARESBrasileiro é muito “bonzinho”!!!!****

*BRASIL, UM PAÍS DE TOLOS…*****

*DIVULGUEM AO MÁXIMO* ****

****

Incrível!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!****

As Centrais Sindicais chiaram com o “aumento” do salário mínimo p/ R$
545,00, porém não estão discordando do aumento do “´salário presidiário”
Para R$ 810,00!****

Será que os sindicalistas e os governantes do Brasil acreditam que um
Criminoso merece uma remuneração superior a de um trabalhador????****

*A REFERIDA PORTARIA JÁ FOI REVOGADA PELA DE Nº 333, DE 1º/06/2010 NA QUAL O
VALOR DO SALARIO FAMILIA PRESIDIARIO PASSOU A SER DE **R$810,18** ! ! ! E
TEM MAIS. . .*****

*NO CASO DE MORTE DO* *”POBRE PRESIDIÁRIO”,* *A REFERIDA QUANTIA DO AUXÍLIO-
RECLUSÃO PASSA A SER **”PENSÃO POR MORTE”.*****

*O GRANDE LANCE É ROUBAR OU MATAR PARA SER PRESO E ASSIM SUSTENTAR
CONDIGNAMENTE A SUA PROLE.*****

*ISTO É INADMISSÍVEL! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !*****

*INCENTIVO À CRIMINALIDADE! ! *****

****

Você sabe o que é o *AUXÍLIO RECLUSÃO*?****

*Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, a partir de
1/1/2010 é de R$798,30 **por filho *para sustentar a família, já que o *
Coitadinho** *não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso.
Mais que um salário mínimo que muita gente por aí rala pra conseguir e
Manter uma família inteira.

Ou seja, (falando agora no popular pra ser entendido)
Bandido com 5 filhos, além de comandar o crime de dentro das prisões, comer
e beber nas costas de quem trabalha e/ou paga impostos, ainda tem direito a
receber auxílio reclusão de R$3.991,50 da Previdência Social.
Qual pai de família com 5 filhos recebe um salário suado igual ou mesmo um
aposentado que trabalhou e contribuiu a vida inteira e ainda tem que se
submeter ao fator previdenciário?
Mesmo que seja um auxílio temporário, prisão não é colônia de férias. ****

****

Isto é um incentivo a criminalidade. Que politicos e que governo é esse?????
Não acredita?
Confira no site da Previdência Social.

*Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS*
< QUE VERGONHA