FALAND DA FALTA DE RESPEITO AOS APOSENTADOS

FALANDO DA FALTA DE RESPEITO AOS APOSENTADOS

Como já foi publicado por Daniel Camargos e Zulmira Furbino ambos “ESTADO DE MINAS” o jornal dos Mineiros e para o Brasil.
No dia15/07/2010 08h35min que…
Há uma bomba-relógio armada dentro do bolso de milhões de aposentados e pensionistas brasileiros. Sem preparo para compreender os efeitos negativos da matemática dos encargos dos juros em seu contracheque, e sem condições intelectuais e psicológicas para gerenciar os empréstimos que tomam junto aos bancos, cerca de 28 milhões de segurados do INSS estão sendo bombardeados por uma irracional oferta de crédito, que não respeita sequer a margem consignável de 30% dos benefícios estipulada em lei.

Esse limite vem sendo sistematicamente ultrapassado com empréstimos feitos em bancos de varejo, financeiras e agiotas a juros de até entre 12% e 14% ao mês. A taxa máxima do consignado é de 2,5% para empréstimos e de 3,5% para o uso de cartões de crédito. Além disso, o bombardeio estimula a ocorrência de empréstimos consignados fraudulentos, feitos sem a autorização do beneficiário da Previdência. Em grande parte dos casos, a situação já é de superendividamento.

Hoje 01/07/2011 a situação está pior ultrapassa de 30% dos aposentados atolados em dívidas em vários bancos até o pescoço, muitos ganham salários mínimos e outros que ganham mais não têm um plano de saúde, aliás, o aposentado brasileiro não tem como pagar planos de saúde essa que é a verdade. Geralmente com mais de 50 anos de idade ele teria que pagar um plano de enfermaria mais ou menos 600 reais, aí vai passar
fome e morrer mais depressa, se o aposentado ou qualquer idoso tem mais de 60 anos é pior paga muito mais, será que nosso governo e os políticos não enxergam essa falta de humanidade?
Snitram